Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2016

Johnny Hooker - Amor Marginal

Maravilhosamente cruel

Um dia, um mês, um ano. Tempo. Quando vai chegar alguém pra provar que ele não existe? Ele estica, ele encolhe. Ele Melhora. Cura. Ele apaga. Ele leva. E também traz. O tempo está na gente, não no relógio, ou no calendário. Ele está na mente. Se bom – Voa. Se ruim – Arrasta-se. Mas, mais importante do que sua contagem, é um único e importante fato. Ele passa. E não sem deixar marcas. Idade, experiências, lembranças. Saudades, perdas e ganhos,  Sabedoria, erros, arrependimentos. Ah ele passa, como um furacão, você querendo ou não, passa!

Prece de Eusébio

Senhor da Vida,
Abençoa-nos o propósito
De penetrar o caminho da Luz!...

Somos Teus filhos,
Ainda escravos de círculos restritos,
Mas a sede do Infinito
Dilacera-nos os véus do ser.

Herdeiros da imortalidade,
Buscamos-Te as fontes eternas
Esperando, confiantes, em Tua misericórdia.

De nós mesmos, Senhor, nada podemos.
Sem Ti, somos frondes decepadas
Que o fogo da experiência
Tortura ou transforma...

Unidos, no entanto, ao Teu Amor,
Somos continuadores gloriosos
De Tua Criação interminável.

Somos alguns milhares
Neste campo terrestre;
E, antes de tudo,
Louvamos-Te a grandeza
Que não nos oprime a pequenez...

Dilata-nos a percepção diante da vida,
Abre-nos os olhos
Enevoados pelo sono da ilusão
Para que divisemos Tua glória sem fim!...
Desperta-nos docemente o ouvido,
A fim de percebermos o cântico
De tua sublime eternidade.
Abençoa as sementes de sabedoria
Que os teus mensageiros esparziram
No campo de nossas almas;
Fecunda-nos o solo interior,
Para que os divinos germens não pereçam.

S…

Fátima Guedes - Condenados

Ah, meu amor, estamos condenados
Nós já podemos dizer que somos um
Nós somos um
E nessa fase do amor em que se é um
É que perdemos a metade cada um
Ah, meu amor, estamos mais safados
Hoje tiramos mais proveito do prazer
E somos um
Quando dormimos juntos, sonhos separados
Que nós não vamos confessar de modo algum
Ah, meu amor, ah, meu amor
Quantas pequenas traições
Pobres mentiras diplomáticas de puras intenções
Estamos condenados
Ah, meu amor, de discretos pecados
Formamos esse ser tão uno divisível
Parece incrível
Que nós tentemos que ele dure eternamente
Nessas metades incompletas.. mas decentes

Boas-vindas!

Assim de mansinho, quase escondidinho, timidamente, discretamente, começo aqui a tentar fazer, pra mais do que o caderninho ver, aquilo que mais gosto: Escrever!
E não só.
Escrever, falar, sonhar, querer, desejar, desabafar.
Sobre o que será o blog?
Sobre tudo aquilo que me agrada, que me rodeia, que me motiva a sonhar.
Segredos, músicas, viagens, projetos, amor, espiritualidade, Deus..
Tudo o que eu sou.
Tudo que me é.
Tudo que fui.
Tudo que me tornei.
Tudo que hei de ser.
Aqui estará, aqui estarei.
Irei me aventurar, e estou feliz por começar.
Viva!

Suelen Vieira